Universidade em movimento: UFF e FEC transformam Horto do Fonseca em palco de conhecimento

A Universidade Federal Fluminense, em parceria com a Prefeitura de Niterói, e com o apoio da Fundação Euclides da Cunha, promoveu, no último dia 11 de novembro, mais uma edição do evento “UFF nas Praças”, realizado no Horto do Fonseca, em Niterói, das 9h às 16h. Essa iniciativa é um desdobramento da Agenda Acadêmica UFF e da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia – SNCT 2023, visando apresentar à comunidade externa os benefícios diretos da universidade pública, destacando sua importância para a sociedade e seu papel na transformação e desenvolvimento do País.

Neste dia significativo, a UFF concentrou em um único local diversos serviços de atendimento gratuito, ações extensionistas, pesquisas e atividades de divulgação científica, tecnológica e de inovação, conduzidos por docentes, técnicos administrativos e estudantes de graduação e pós-graduação.

Nesta edição do “UFF nas Praças”, coordenada pela Professora Geralda Freire Marques, foram apresentados diversos projetos e atividades das unidades de Niterói e do interior, abordando temas de relevância social. Práticas integrativas com ênfase na promoção da saúde, educação financeira, serviços de avaliação neuropsicológica, acessibilidade em turismo, descarte seguro de medicamentos e a representatividade das mulheres nas ciências são apenas alguns dos destaques confirmados, além de muitos outros. A Editora da UFF (Eduff) também participou, realizando a doação de livros.

O evento “UFF nas Praças” foi gratuito e aberto à população. Além da exposição dos projetos e outras ações da Universidade, a abertura oficial ocorreu às 9h, com a presença do reitor, Professor Antonio Claudio Lucas da Nóbrega.

A FEC, mais uma vez, marcou presença com sua equipe de colaboradores, oferecendo informações detalhadas sobre gerenciamento de projetos e distribuindo brindes. O destaque foi a ênfase na sustentabilidade, um dos valores fundamentais da Instituição. Para marcar esse tema tão importante, foram distribuídos copos ecológicos reutilizáveis em formato de envelope, compostos por 87% de celulose, surpreendendo positivamente os participantes ao conhecerem o material. A equipe da Fundação sente-se gratificada pela oportunidade de ter participado desta excelente iniciativa, que possibilitou divulgar amplamente o seu trabalho para a comunidade.